Primeira defesa do PROFQUI na UFRN

1º Ciclo de Oficinas Pedagógicas nos dias 3 e 4 de julho de 2019 na UNESP de Araraquara
24 de junho de 2019
Defesa: O USO DAS TICs COMO ESTRATÉGIA PARA PROMOVER O CONHECIMENTO EM TABELA PERIÓDICA
2 de julho de 2019

DEFESA de MESTRADO . 
DISCENTE : NILTON CLAUDIO MAIA
DATA : 27/06/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do CCET/UFRN
TÍTULO:

ORIGAMI ARQUITETÔNICO COMO RECURSO PEDAGÓGICO PARA A COMPREENSÃO DE GEOMETRIA ESPACIAL DE MOLÉCULAS 


PALAVRAS-CHAVES:

Geometria Molecular, Origami Arquitetônico, recurso didático, Educação Química


RESUMO:

Nesta pesquisa, foram elaboradas e construídas pranchetas de origami arquitetônico aplicáveis como recurso didático, tendo como objetivo adicional avaliar sua potencialidade como ferramenta educacional no ensino de Geometria Molecular. A pesquisa fundamentou-se em alguns referenciais teóricos: a Teoria Sócio interacionista de Vygotsky, Teoria geral dos signos de Charles Peirce e nas contribuições de pesquisadores da Educação Química. Optou-se metodologicamente por uma pesquisa de natureza qualitativa e participativa. Os dados foram recolhidos a partir do acompanhando da proposta pedagógica, que incluiu a aplicação de questionários, inicial e final, a toda a turma, a observação de atividades propostas nas pranchetas, realização de atividade experimental com origami, notas de campo, questionário de satisfação do material e um teste duas semanas depois, para verificação da memória de longo prazo. Os resultados demonstraram a priori, que ao se aplicar a metodologia com este material didático em uma turma de 3º ano do Ensino Médio de uma escola pública estadual no município de Morada Nova – CE foi possível verificar, a partir dos conhecimentos prévios dos alunos, que estes avançaram em sua aprendizagem. Desse modo, a maioria deles atingiu uma aprendizagem consistente sobre o tema, desenvolvendo habilidades espaciais, tais como, rotacionar mentalmente uma molécula no espaço, transpor ou traduzir uma representação de moléculas 2D para 3D e vice-versa, além de perceber algumas relações entre propriedades das moléculas e geometria molecular. Os alunos participaram com entusiasmo das atividades e apresentaram boa cooperação ao trabalhar em grupo, compartilhando dúvidas e experiências com seus pares. A presença do professor como mediador nesse processo, foi de fundamental importância para a correta utilização do material didático e aprofundamento do tema desenvolvido.


MEMBROS DA BANCA: 
Externa à Instituição – ZILVANIR FERNANDES DE QUEIROZ – UECE
Presidente – 1715109 – DANIEL DE LIMA PONTES
Interno – 345799 – OTOM ANSELMO DE OLIVEIRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *