Conferência “A ciência é masculina? É, sim senhora!”

39º EDEQ – 1ºPROFQUI SUL
2 de agosto de 2019
Uma Proposta Metodológica usando o tema Biodiesel para a Química no Ensino Médio.
19 de agosto de 2019

O PROFQUI de Araraquara realizou no dia de hoje a conferência “A ciência é masculina? É, sim senhora!” proferida pelo Prof. Dr. Attico Chassot.

Na ocasião da conferência os presentes fizeram a leitura de uma carta-manifesto em apoio às atividades em defesa da educação pública de 13 de Agosto.

#13A
#TsunamiDaEducação
#UniversidadePública
#EuDefendo

———-

Como é do conhecimento de todos, no dia de hoje está acontecendo a paralisação nacional em defesa da educação e contra o projeto “future-se”. Também é do conhecimento de todos que tal paralisação decorre dos crescentes cortes orçamentários que o atual governo vem impondo à educação, no geral, e às universidades e órgãos de fomento federais, em específico.
Aqui reunidos, em função do compromisso assumido há mais de 2 meses com a Comissão Organizadora da Semana da Química da UFSCar, com o departamento de Química da USP e com o próprio professor Chassot, gostaríamos de unir nossas vozes às vozes daqueles e daquelas que estiveram e que estão presentes nas mais diversas atividades constituintes das manifestações em defesa da educação no dia de hoje. Em uníssono a essas vozes, reafirmamos o valor incomensurável e, ao mesmo tempo, estratégico da educação pública como espaço viabilizador de um projeto de nação soberana, próspera e fraterna. Nenhuma sociedade se emancipa sem o investimento massivo e qualificado na Educação e na Ciência e Tecnologia.
Considerando que a luta pela educação pública, gratuita, inclusiva e de qualidade pode e deve acontecer em diversas e múltiplas trincheiras e certos de que o conhecimento crítico liberta, unimo-nos aqui para aprendermos mais sobre esta atividade social e histórica denominada ciência a fim de melhor valorizá-la, para, então, melhor defendê-la.
Manifestamo-nos contra os cortes e a favor da urgente recomposição orçamentária do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Instituto de Química. Araraquara, 13 de agosto de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *